quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Sem clichê.

E daí que você gosta de filmes de guerra e eu de terror? E o que é que tem que eu goste mais de doces e você de cerveja? Ao menos nunca brigaremos pelo frango, já que eu gosto das coxas e você do peito. Se você ouve Raimundos, eu ouço Marisa Monte. Se você gosta mais de ACDC, eu deliro por Pearl Jam. Você com seu jeito largado, despreocupado vai de encontro com o meu jeito toda certinha e arrumadinha demais. Sua dedicação em salvar a natureza nada tem a ver com a minha paixão pela História, pela caminhada do homem na Terra. Por outro lado, o que me interessa não é que você me complete. Não somos iguais, nem deveríamos ser, de qualquer modo. Não somos sequer parecidos. Contudo, nunca me senti tão leve, tão entregue, tão viva. E, por incrível que pareça, mesmo que a gente não se pareça em quase nada, você me faz sentir eu mesma mais do que nunca. Dono dos olhos verdes mais vivos e mais sinceros que eu já vi. Dono de uma altura que me abraça e me envolve. Dono de cabelos dourados e macios que são bons de acariciar. Dono de mãos firmes e poderosas, capazes de curar uma febre. Dono de palavras doces e delirantes. Dono do meu pensamento, riso, coração. " Mas eu, eu só penso em você... Já não sei mais porque em ti eu consigo encontrar Um caminho, um motivo, um lugar, Pra poder repousar meu amor..." L.H.

4 comentários:

Victoria disse...

Que coisa linda vocês! Nem preciso dizer o quanto amo e sou feliz por você né amiga?
Te amo! Beijo enorme!

Sandro Ataliba disse...

Wow! Alguém deve ter ficado MUITO feliz com esse texto. rs
Lindo, irmã.

Raquel disse...

Que lindo Rê! Que bom que voce tem alguem assim, que te faz completa (sem clichés) e feliz!
Adorei a imagem...essa musica é linda demais!

Ah, parabens titia! Fiquei muito feliz com o nascimento da Alice!

Beijao!:)

Rê Lopes disse...

Obrigada, queridos!!
=)