terça-feira, 31 de agosto de 2010

Ops cabeça, agora não.



E o que eu tenho a dizer disso tudo? Bem, que o universo sempre conspira ao nosso favor. Se pensamos sempre o mal, sempre obteremos o mal. Se nossos pensamentos estiverem sintonizados com as esferas superiores, quão superiores serão nossas experiências!
Ai do homem que não vê poder em seus pensamentos! Parece um ato simples, pode ser, não obstante perigoso. Os pensamentos são como massas de material indefinido que vão tomando forma de acordo com a sintonia do ser pensante. Doravante, seja a favor de você mesmo! Sempre há uma forma de fazer melhor, de se pensar melhor. Sempre haverá tempo para uma mensagem de bom dia à alguém que te importa. O tempo sempre será suficiente para dar conta das suas demandas, você que deverá prestar atenção com o que faz com ele. Se sentir bem não é escolha, é dever. E eu não poderei fazer nada pra que isso aconteça, só você, xuxuzinho.
Quando eu não quero pensar no que eu não quero, eu simplesmente mando calar a boca com convicção. Não importa onde eu esteja, no metrô, no ônibus, no meio da rua ou na sala de aula. Mando um " cala a boca" preciso e objetivo, de se assustar todos os demônios inúteis. Quem manda na minha mente, sou eu, ora bolas!

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Oração.




Papai do céu:

Eu prometo ser mais boazinha.
Mais boazinha com a minha família, mais boazinha com quem eu amo. Mas, principalmente mais boazinha com quem não vê em mim afeição, pois meu amor por eles terá mais valor, ao passo que se amar quem lhe é amável não é sacrifício algum.

Eu prometo cuidar mais de mim.
Mas antes disso, prometo cuidar das plantas, dos animais, das pessoas e até das formigas que não precisam ser pisadas só porque cruzaram meu caminho.


Eu prometo ser mais gentil.
E com isso proferir mais elogios que ofensas, mais palavras de consolo e críticas construtivas do que meras comparações e depreciações.

Eu prometo policiar meus pensamentos.
Pois é deles que partem as ações que praticarei. O hábito de pensar o mal, materializa o mal.

Prometo policiar minhas palavras.
Pois a palavra dita, não volta pela boca. O silêncio também é prece e virtude.

E mais do que tudo isso, prometo mais do que apenas prometer, fazer acontecer.
Amanhã, não. Agora.

Amém.

domingo, 22 de agosto de 2010

Projeto Amizades Reveladas.




“As pessoas grandes adoram os números. Quando a gente lhes fala de um novo amigo, elas jamais se informam do essencial. Não perguntam nunca: “Qual é o som da sua voz? Quais os brinquedos que prefere? Será que coleciona borboletas?”Mas perguntam: “Qual é sua idade? Quantos irmãos ele tem? Quanto pesa? Quanto ganha seu pai?”
Somente então é que elas julgam conhecê-lo. Se dizemos às pessoas grandes: “Vi uma bela casa de tijolos cor-de-rosa, gerânios na janela, pombas no telhado…” elas não conseguem, de modo nenhum, fazer uma idéia da casa. É preciso dizer-lhes: “Vi uma casa de seiscentos contos”. Então elas exclamam: “Que beleza!”.

O Pequeno Príncipe.
Antoine de Saint-Exupéry.



Desta maneira posso dizer que:

Não sei e não me importa saber onde te abrigas com teus familiares...
Basta apenas que eu perceba os valores que moram em seu coração!

Tão pouco me importa se os caminhos trilhados são repletos de erros...
Basta que possamos aprender no presente uma maneira de não mais errar!

E se me apresentares sua lista de defeitos, acharei perfeito...
Pois, a condição humana nos propõe a humildade para reconhecer nossas limitações!

Se mostrares contrariedade ás minhas opiniões, ouvirei com atenção...
Desta maneira me apresentarás outros horizontes que me fogem a visão!

Apresentando-me lamúrias e contrariedades agradecerei eternamente, por me dar a oportunidade de exercitar a compreensão!

Peço-te apenas que jamais se curve diante das indecisões, presentes para apurar a firmeza dos laços que nos unem á Deus... Nem mesmo se diminua diante de si mesma, pois assim estará duvidando da centelha divina que brilha em você!

E se os dias de tristeza vierem, sofra... Mas somente o suficiente para aprender e se tornar mais forte, pois do contrário seu sofrimento será em vão!

Se o medo da solidão enfeitar teus dias mais longos, aproveite-o para descobrir o quão bom é estar com você mesma e assim os ventos divinos de certo trarão o amor numa próxima estação!

A mim basta apenas dizer que sempre estarei vigilante e disposto para com os que à vida me traz, e se por algum motivo essa amizade se fez que, saibamos bem dela aproveitar, afinal, “tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.”

Créditos à: Aline Larissa Leite de Araújo, 17 de Agosto de 2010. ( Ainda descobrirei que ela é um anjo que na Terra tem habitado.)

sábado, 14 de agosto de 2010

Uma aprendizagem ou o post dos desejos.


Um exemplo que mostra como sou com as coisas, é quando vou postar aqui. Sempre quero colocar a imagem e o título antes, sem nem mesmo ter escrito nada. Ou seja, ou escrevo o que a imagem me inspira, ou sobre o desenrolar do título. Não deveria ser o contrário? O texto deveria fluir antes de eu decidir o que colocar. Mas é porque sou assim, gosto de fazer tudo na ordem, como que respeitando o que vem primeiro na caixa de postagem do blog.

...

E foi quando ela abriu os olhos e viu seu mundo decodificado, como se soubesse o porquê de todas as coisas e situações que aconteciam com sua pessoa. Como se tivesse tomado um copo duplo de serenidade. Com isso pôde agora afirmar que nada abala sua paz interna e seu semblante leve e bem humorado. A vida não é uma só. Quer fazer da vida várias vidas, para serem vividas todas de uma vez. Tem fome, tem sede, tem necessidade. Ah, se as palavras pudessem emitir sons ouvíveis aos olhos!
É como se tudo isso fosse finalmente verdade.

"que (esse bem estar) seja imortal, posto que é chama. Mas que seja infinito enquanto dure."
Amém.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Medo de jacaré.






Pra muita gente, a satisfação vem com a realização de grandes feitos.
Eu também já fui assim.
Hoje, cada vez menos.

Sentir o cheiro da manhã, comer algo quando se está com muita fome, encontrar alguém que é importante, momentos com amigos que se importam com você bem como você se importa com eles.
Ler, ouvir uma música bonita, ter uma conversa agradável, receber uma boa notícia, uma boa surpresa.

Porém, há muito o que conseguir ainda. Quero precisar de menos para me alegrar mais. Quero depender menos do sistema. Não apenas conquistar essa liberdade, mas mais que isso, me importar menos com o que é imposto, consensual, estipulado. Quero mais que liberdade, ter o pensamento livre de mim mesma e meus vícios.
Não, não quero ser outra pessoa. Quero me adaptar às minhas novas necessidades e alcançar a harmonia interna e externa. Quero fazer parte do planeta Terra como um ser que contribui para seu bem estar.

ah, quero tantas coisas! Será que uma vida só será suficiente? Será que terei tempo de fazer tudo o que quero e preciso?
Será que realmente é necesário ouvir as mesmas coisas, das mesmas pessoas, infinitas vezes?
Mas não fugirei, não hesitarei. Afinal, os mesmos problemas me acompanharão onde quer que eu esteja, a sina é minha. Então, vamos acabar logo com isso e encarar o que tiver de ser encarado, falar o que tiver que ser dito, viver o que se tem pra ser vivido.

Quando eu era pequena, tinha muito medo de escuro e de jacaré. Até hoje tenho um pouco de medo, na verdade. O fato é que todos os dias antes de dormir, olhava embaixo da cama pra ver se tinha algum jacaré lá e dormia com a tv ligada pra ter claridade no quarto. Depois que cresci ganhei uma cama nova que tinha outra cama embaixo, fazendo o medo de jacaré desaparecer. Claro! Como ele ia pegar o lugar da outra cama embaixo da minha!? Então é isso, tenho que ocupar minha mente com soluções para meus medos de agora, não deixar lugar pra eles.

Sobre o escuro...bem, não tenho mais tv no quarto. Se ainda tenho medo? Sim, um pouco. Mas parei de me importar com isso. Parei de me importar com muita coisa e tenho sido mais feliz assim.

Esperança. ;)